Projetos aprovados para a Iniciação Científica 2016-2017

Recentemente a UNESPAR finalizou o processo de inscrição e avaliação de projetos para seu Programa de Iniciação Científica 2016-2017.

Projetos aprovados

O Grupo de Pesquisa em Música, Cultura e Sociedade teve 7 de seus professores envolvidos no processo, que resultaram em 10 projetos de pesquisa aprovados para serem desenvolvidos no período entre 1º de agosto de 2016 e 31 de julho de 2017.

Trata-se de uma ótima notícia, pois sabemos a importância da Iniciação Científica para a formação de novos pesquisadores e para o desenvolvimento da experiência de orientação dos professores. Também é muito importante notar que o formato da Iniciação Científica da UNESPAR vincula os projetos à pesquisa em desenvolvimento pelos professores, o que significa um real trabalho em equipe, com verticalização da pesquisa, soma de forças e multiplicação dos resultados.

Estão todos de parabéns!

Edital e lista de professores e alunos

O Edital 10/2016 – PRPPG/UNESPAR que divulgou os resultados está neste link.

A lista com os professores do Grupo e respectivos alunos que tiveram os projetos aprovados vai na tabela abaixo. Agora estamos em processo de incluir os alunos no Grupo de Pesquisa e trazê-los para o desenvolvimento das atividades.

Professor orientador Aluno
Allan de Paula Oliveira João Pedro Schmidt
André Acastro Egg Greyson John Schoeffel
Marco Antonio dos Santos Pereira
André Ricardo de Souza Talissa Cubas
Fabio Guilherme Poletto Giuliano Pereira Aurichio
Laize Soares Guazina Rafael Guijarro Bueno
José Augusto Grassi Ignácio
Luciano Chagas Lima Daniel Dal Ponte Derevecki
Tiago Madalozzo Jéssica Amanda Salles
Vitor Silveira da Costa

Crescimento

Em relação ao PIC 2015-2016, nosso Grupo de Pesquisa experimentou uma grande evolução. No período passado, encerrado agora em julho, tivemos 4 professores envolvidos e 6 projetos. Para o período que inicia quase dobramos o número de envolvidos.

Em breve vocês verão aqui neste blog mais notícias sobre o desenvolvimentos destes trabalhos e os resultados.

Nesta quarta: palestra com o pesquisador Eduardo Mello

Continuando a programação do Ciclo de Palestras em Música, Cultura e Sociedade 2016, teremos nesta quarta a palestra com o pesquisador Eduardo Mello.

O título da palestra é Comunicação de emoções por meio da música instrumental. Parte dos questionários foi realizada com alunos da FAP, o que valoriza mais a vinda do pesquisador para nosso campus apresentar os resultados. A pesquisa foi realizada durante o mestrado em música no DEARTES-UFPR, sob orientação do prof. Danilo Ramos. A Dissertação, cujos resultados serão apresentados na palestra, está disponível aqui em pdf.

A pesquisa de Eduardo Mello fez parte do Grupo de Pesquisa Música e Expertise, que tem um sítio/blog com informações interessantes para quem está curioso pelo tema.

A programação completa do Ciclo de Palestras está aqui.

O serviço:

Grupo de Pesquisa em Música, Cultura e Sociedade promove, como parte do Ciclo de Palestras em Música, Cultura e Sociedade 2016:

Palestra com o pesquisador Eduardo Mello – Comunicação de emoções por meio da música instrumental.

Local: Sala de Reuniões do Campus de Curitiba II da UNESPAR/FAP (piso superior do Bloco II).

Data: quarta-feira, 3 de agosto de 2016, às 19:00 horas.

Entrada Franca.

O pesquisador Eduardo Mello fotografado em um show com a banda RockAvengers
O pesquisador Eduardo Mello fotografado em um show com a banda RockAvengers

Nesta quarta, palestra com o professor Alan Rafael de Medeiros

Dando continuidade ao Ciclo de Palestras em Música, Cultura e Sociedade 2016, acontece nesta quarta-feira, dia 20 de julho, a palestra do Professor Alan Rafael de Medeiros. (A programação completa do ciclo está aqui)

Alan Rafael é mestre em música pela UFPR, onde apresentou sua elogiada dissertação de mestrado sobre a Sociedade de Cultura Artística Brasílio Itiberê (SCABI) e sua Orquestra Sinfônica. A dissertação está disponível aqui.

O professor Alan Rafael está em fase de conclusão de seu doutorado no Programa de Pós-Graduação em História da UFPR, e o título da palestra se refere à sua pesquisa atual:

Música de concerto sobre patrocínio de instituições civis privadas: Sociedade de Cultura Artística Brasílio Itiberê (SCABI) e sociabilidades musicais em Curitiba entre 1945 e 1960.

Em paralelo à palestra apresentada recentemente no mesmo ciclo pelas professoras Marilia Giller e Rosemeire Odahara, o trabalho de Alan Rafael soma-se aos esforços de estudo da documentação musical em Curitiba e no Paraná, revelando uma rica atividade ainda pouco conhecida e pouco estudada.

Certamente será de grande interesse!

A palestra acontece nesta quarta-feira dia 20 de julho, às 19:00 horas, no Auditório Antonio Melillo. A entrada é franca e são todos convidados.

3º Encontro Sábados de Resistência

O Grupo de Pesquisa em Música, Cultura e Sociedade apoia o evento Sábados de Resistência, cujo 3º encontro é organizado pelo prof. André Ricardo de Souza, membro do grupo, e tem participação do prof. Allan Oliveira, também membro do grupo e da pesquisadora Rafaela Lunardi, nossa última palestrante convidada.

3º Encontro Sábados de Resistência

Participação da convidada Rafaela Lunardi (doutoranda USP) e dos professores André Ricardo de Souza e Allan Oliveira.

O encontro se iniciará com uma palestra proferida pela convidada sobre as relações entre a MPB e a política brasileira no período da Abertura (1977-84).

Em seguida o professor André Ricardo de Souza apresentará canções que marcaram o período no formato voz e violão. As canções serão comentadas pelo professor Allan Oliveira e por Rafaela Lunardi.

Sábado, 16 de julho, às 14:30 horas no TELAB/FAP

Rua dos Funcionários 1756

Cartaz de divulgação do 3º encontro
Cartaz de divulgação do 3º encontro

Nesta quarta, palestra com Rafaela Lunardi

O Grupo de Pesquisa em Música, Cultura e Sociedade promove, nesta quarta-feira, dia 6 de julho de 2016, palestra com a pesquisadora Rafaela Lunardi. A palestra ocorrerá no Auditório do Campus de Curitiba II da UNESPAR (Faculdade de Artes do Paraná – FAP).

O título da palestra é União sensível: reflexões sobre MPB e política durante a Abertura (Brasil, 1977-84). Este tema é o que Rafaela Lunardi desenvolve em sua pesquisa de doutorado, que está em fase de conclusão – ela deve defender a tese em agosto na FFLCH-USP. Ela está trabalhando sob orientação do prof. Marcos Napolitano, que é a principal referência no Brasil para os estudos da MPB na área de História.

A certeza de que o trabalho de Rafaela Lunardi é interessantíssimo pode ser inferida tanto do nome de seu orientador, quanto do fato de que a pesquisadora já produziu um trabalho de referência em seu mestrado. Também sob orientação de Marcos Napolitano, ela pesquisou a trajetória de Elis Regina, e seu elogiado trabalho já virou livro – Em busca do falso brilhante: performance e projeto autoral na trajetória de Elis Regina (Brasil, 1965-1976), publicado pela editora Intermeios.

Capa do livro de Rafaela Lunardi
Capa do livro de Rafaela Lunardi

A palestra faz parte da programação do Ciclo de Palestras em Música, Cultura e Sociedade 2016. A programação completa do Ciclo pode ser conferida aqui.

Serviço

União sensível: reflexões sobre MPB e política durante a Abertura (Brasil, 1977-84)
Palestra com Rafaela Lunardi (FFLCH-USP)
Auditório Antonio Melillo
Campus de Curitiba II da UNESPAR
Rua dos Funcionários, 1357
Quarta-feira 06 de julho de 2016
19:00 horas
entrada franca

 

 

Palestra das professoras Marilia Giller e Rosemeire Odahara

Como parte do Ciclo de Palestras em Música, Cultura e Sociedade 2016, acontecerá nesta quarta-feira, dia 15 de junho, a palestra das professoras Marilia Giller e Rosemeire Odahara, cujo título é Acervo Antonio Melillo – caminhos e procedimentos da pesquisa.

A palestra acontecerá na Sala de Projeção, no piso superior do Bloco I, no prédio da FAP, Rua dos Funcionários, 1357.

A pesquisa das professoras vêm acontecendo há alguns anos com a documentação que faz parte do acervo da Biblioteca da FAP. A ideia é apresentar as pesquisas já feitas e possibilidades deste material, que já envolveu projetos institucionais e alunos de Iniciação Científica.

Por exemplo, foi graças às pesquisas realizadas neste acervo que o atual Campus de Curitiba II da UNESPAR descobriu suas origens históricas, o que levou às comemorações do centenário da instituição este ano, pois sua fundação está vinculada à criação do Conservatório de Música pelo maestro Leo Kessler em 1916.

Parte das pesquisas que vêm sendo realizadas pela professora Marilia Giller e outros pesquisadores em acervos de músicos paranaenses está documentada no interessantíssimo blog do NEMUP.

Mais informações sobre a programação completa do Ciclo estão aqui neste blog.

Ciclo de Palestras em Música, Cultura e Sociedade 2016 – programação completa

Fechamos a programação completa do Ciclo de Palestras em Música, Cultura e Sociedade 2016.

O Ciclo repete a experiência exitosa já realizada pelo Grupo de Pesquisa em 2016. A ideia é divulgar pesquisas em andamento, de membros do grupo e de convidados com afinidades de pesquisa, fomentando os debates e a circulação do conhecimento.

A organização é do prof. André Egg, realização do Grupo de Pesquisa em Música, Cultura e Sociedade da UNESPAR.

A primeira palestra do Ciclo já aconteceu dia 1º de junho com o prof. Ricardo Bernardes, conforme noticiado aqui no blog. Nesta quarta segue a programação com a palestra da profª. Marilia Giller.

Abaixo, o cartaz com a programação completa (se clicar amplia). No decorrer da programação iremos noticiando aqui neste blog.

Programação completa do Ciclo de Palestras em Música, Cultura e Sociedade 2016
Programação completa do Ciclo de Palestras em Música, Cultura e Sociedade 2016

Nesta quarta, palestra com o prof. Ricardo Bernardes

Estamos começando mais um Ciclo de eventos do Grupo de Pesquisa Música, Cultura e Sociedade da UNESPAR. Teremos um ciclo de palestras em 2016, mas a divulgação será feita em breve, pois ainda estamos fechando a programação final.

Isso não nos impede de começar em grande estilo, pois o primeiro palestrante do Ciclo de Palestras Música, Cultura e Sociedade 2016 é o prof. Ricardo Bernardes.

O tema de sua fala será “Música luso-brasileira nos séculos XVIII e XIX – desafios da construção de uma identidade face à música centroeuropeia”

O professor Ricardo Bernardes é uma autoridade neste assunto, e valerá muito a pena ouvi-lo. Porque ele tem larga experiência, de já cerca de 20 anos, com a direção de grupos musicais dedicados ao repertório dos séculos XVIII e XIX, principalmente música luso-brasileira (mas também ibero-americana e outras). Ele começou este trabalho quando ainda residia em Curitiba, e fundou o grupo AmericAntiga. Depois seguiu desenvolvendo esta prática em São Paulo, Austin (Texas) e Lisboa, cidades por onde residiu e cursou seu mestrado e seus doutorados.

Isso mesmo – doutorados. Ele tem dois na bagagem. Um na Universidade de Austin e outro na Universidade Nova de Lisboa. Também na USP ele fez seu mestrado sobre uma obra de José Maurício.

As questões que o professor Ricardo Bernardes irá abordar, são relativas a um texto que deve sair num volume coletivo com vários trabalhos de membros do nosso Grupo de Pesquisa, e tratam principalmente dos problemas para constituir uma memória histórica deste repertório luso-brasileiro, enfrentando tanto a hegemonia do cânon de música germânica quanto o viés nacionalista que muitas vezes atrapalhou o desenvolvimento da nossa musicologia. Afinal, os resultados encontrados nas pesquisas por repertório antigo nem sempre são tão “brasileiros” quanto se desejaria, e pode ser difícil lidar com um passado diferente das idealizações que se faz dele.

Atualmente residindo em Lisboa e trabalhando como pesquisador do Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical (CESEM) da Universidade Nova de Lisboa, o professor está de passagem por Curitiba e nos dará o prazer de sua fala. Imperdível!

Então, o serviço:

Ciclo de Palestras Música, Cultura e Sociedade 2016
1º/06/2016 - 19:00 horas
Auditório Antonio Melillo do Campus de Curitiba II da UNESPAR (FAP)
Prof. Ricardo Bernardes
“Música luso-brasileira nos séculos XVIII e XIX
- desafios da construção de uma identidade face à música centroeuropeia”

Todos são convidados, entrada franca e aberto ao público.

Palestra Mário de Andrade no Diário Nacional

Palestra Mário de Andrade no Diário Nacional - cartaz de divulgação

Mário de Andrade no Diário Nacional

Próximo dia 11 de maio, uma quarta-feira, às 19:00 horas, acontecerá a palestra Mário de Andrade no Diário Nacional (1927-1932): um crítico no jornal de oposição, proferida pelo prof. André Egg (UNESPAR).

A palestra é uma promoção conjunta do Grupo de Pesquisa Arte, Memória e Narrativa, do Programa de Pós-Graduação em História da UFPR, e do nosso Grupo de Pesquisa em Música, Cultura e Sociedade da UNESPAR.

O evento é aberto ao público, e acontecerá na Sala 612 do Edifício D. Pedro I, onde fica o Departamento de História da UFPR.

O tema da palestra é referente à pesquisa atualmente em desenvolvimento pelo professor, e que envolve também a participação de alunos deste grupo de pesquisa com projetos de Iniciação Científica vinculados.

A organização do evento ficou a cargo da professora Rosane Kaminski (UFPR), coordenadora da linha de pesquisa em Arte, Memória e Narrativa, e líder do Grupo de Pesquisa.

Abaixo, o cartaz de divulgação, elaborado pelo prof. Artur Freitas (UNESPAR):

Palestra Mário de Andrade no Diário Nacional - cartaz de divulgação
Palestra Mário de Andrade no Diário Nacional – cartaz de divulgação

I Seminário de Iniciação Científica

I Seminário de Iniciação Científica
do Grupo de Pesquisa em Música, Cultura e Sociedade da UNESPAR

02 e 03 de março de 2016

Auditório da Faculdade de Artes do Paraná

Organização/Orientadores do PIC-UNESPAR 2015-2016:
Prof. Dr. André Egg, Prof. Dr. André Ricardo de Souza, Prof. Dr. Fabio Poletto, Prof. Ms. Tiago Madalozzo

Alunos participantes e respectivos títulos dos trabalhos:

André Pottes de Souza

Matrizes do espetáculo dramático-musical contemporâneo no teatro cantado popular europeu dos séculos XVII e XVIII

Gabriela Silva Safraider

Produção para cinema de Antonio Carlos Jobim

Ivens Torres Ribeiro

A opereta Marumby na Curitiba dos anos 20

Renan Alfredo de Medeiros D’Ávila

Crítica musical de Mário de Andrade no Diário Nacional (1927-1932): catalogação e atribuição de palavras-chave.

Talissa Cubas

Gêneros do teatro musicado no Brasil

Vitor Silveira da Costa

Coletando dados sobre o ensino de música para crianças no Brasil: um estudo sobre os programas de musicalização infantil vinculados a instituições de ensino superior

Professores/debatedores:

Profª. Drª. Laize Guazina, Prof. Dr. Allan Oliveira, Prof. Dr. Luciano Lima Profª. Ms. Marilia Giller, Prof. Ms. Felipe Augusto Vieira da Silva, Prof. Ms. Alan Rafael de Medeiros,

Quadro de organização

dia

horário

Aluno e título do trabalho

Professor debatedor

02 de março

19:00 hs

Gabriela Silva Safraider

Luciano Lima

19:40 hs

Renan Alfredo de Medeiros D’Ávila

Alan Rafael de Medeiros

20:20 hs

Ivens Torres Ribeiro

Marilia Giller

03 de março

19:00 hs

Talissa Cubas

Allan Oliveira

19:40 hs

Vitor Silveira da Costa

Felipe Augusto Vieira da Silva

20:20 hs

André Pottes de Souza

Laize Guazina