I Seminário de Iniciação Científica

I Seminário de Iniciação Científica
do Grupo de Pesquisa em Música, Cultura e Sociedade da UNESPAR

02 e 03 de março de 2016

Auditório da Faculdade de Artes do Paraná

Organização/Orientadores do PIC-UNESPAR 2015-2016:
Prof. Dr. André Egg, Prof. Dr. André Ricardo de Souza, Prof. Dr. Fabio Poletto, Prof. Ms. Tiago Madalozzo

Alunos participantes e respectivos títulos dos trabalhos:

André Pottes de Souza

Matrizes do espetáculo dramático-musical contemporâneo no teatro cantado popular europeu dos séculos XVII e XVIII

Gabriela Silva Safraider

Produção para cinema de Antonio Carlos Jobim

Ivens Torres Ribeiro

A opereta Marumby na Curitiba dos anos 20

Renan Alfredo de Medeiros D’Ávila

Crítica musical de Mário de Andrade no Diário Nacional (1927-1932): catalogação e atribuição de palavras-chave.

Talissa Cubas

Gêneros do teatro musicado no Brasil

Vitor Silveira da Costa

Coletando dados sobre o ensino de música para crianças no Brasil: um estudo sobre os programas de musicalização infantil vinculados a instituições de ensino superior

Professores/debatedores:

Profª. Drª. Laize Guazina, Prof. Dr. Allan Oliveira, Prof. Dr. Luciano Lima Profª. Ms. Marilia Giller, Prof. Ms. Felipe Augusto Vieira da Silva, Prof. Ms. Alan Rafael de Medeiros,

Quadro de organização

dia

horário

Aluno e título do trabalho

Professor debatedor

02 de março

19:00 hs

Gabriela Silva Safraider

Luciano Lima

19:40 hs

Renan Alfredo de Medeiros D’Ávila

Alan Rafael de Medeiros

20:20 hs

Ivens Torres Ribeiro

Marilia Giller

03 de março

19:00 hs

Talissa Cubas

Allan Oliveira

19:40 hs

Vitor Silveira da Costa

Felipe Augusto Vieira da Silva

20:20 hs

André Pottes de Souza

Laize Guazina

André Egg
Professor do Campus de Curitiba II da UNESPAR, no curso de Bacharelado em Música Popular. Doutor em História pela USP. Colaborador no PPGHIS-UFPR. Diretor do Centro de Música e Musicoterapia do Campus.

3 Comentários

  1. é possível assistir
    Coletando dados sobre o ensino de música para crianças no Brasil: um estudo sobre os programas de musicalização infantil vinculados a instituições de ensino superior

    Como faço?

    1. Oi Ana,

      sim, o evento é aberto ao público! Só precisa estar lá no Auditório da FAP no horário indicado na programação.

      Se precisar de certificado me avise.

      Um abraço,

Os comentários estão fechados.