Seminário de Pesquisa Música, Cultura e Sociedade 2019

O Programa de Pós Graduação em Música, PPGMUS-UNESPAR e o Grupo de Pesquisa Música, Cultura e Sociedade promovem o Seminário de Pesquisa 2019. A programação acontecerá nos próximos dias 22, 23 e 24 de outubro, no espaço do PPGMUS, na EMBAP. O endereço é Rua Barão do Rio Branco 370, sala 202L.

Seminário de Pesquisa Música, Cultura e Sociedade 2019
Folder do Seminário de Pesquisa Música, Cultura e Sociedade 2019. Arte elaborada pela professora Cristiane Otutumi, do PPGMUS-UNESPAR.

A programação do Seminário de Pesquisa é gratuita e aberta ao público. Todas e todos são convidados. A programação se destina principalmente a interessados, estudantes e pesquisadores das áreas de música e de ciências humanas e suas intersecções.

Conferencistas convidados

A programação do Seminário de Pesquisa terá três professores como conferencistas: Miliandre Garcia de Souza, da UEPG, Joêzer Mendonça, da PUC-PR e Paulo Guérios, do Departamento de Antropologia da UFPR.

Os conferencistas trarão abordagens que dialogam com as pesquisas do Grupo de Pesquisa e linha de pesquisa do PPGMUS. Música, Cultura e Sociedade parte da proposta de estudo de temas ligados a música com aportes metodológicos das Ciências Humanas e Sociais, em profundo diálogo interdisciplinar.

A professora Miliandre Garcia de Souza é mestre e doutora em História. Pesquisou a música popular brasileira da década de 1960, o teatro engajado e a censura no Regime Militar. Sua conferência irá fazer intersecções entre estes temas. O título de sua fala é “Afinidades eletivas entre a MPB e o teatro engajado (anos 1960 e 1970)”. A conferência acontecerá na terça-feira, dia 22, 19h00.

O professor Joêzer Mendonça é doutor em musicologia, e sua atuação se destaca na pesquisa sobre a música evangélica brasileira em períodos recentes. Nesta conferência irá apresentar tema de pesquisas que vem desenvolvendo sobre música popular e representações de Brasil nos períodos repressivos do Estado Novo varguista e do Regime Militar. O título de sua fala é “Aquarelas e querelas: construção e demolição de um Brasil monumental na música popular” . A conferência acontecerá na quarta-feira, dia 23, 16h00.

O professor Paulo Renato Guérios é mestre e doutor em Antropologia, e se notabilizou por sua pesquisa sobre o compositor Villa-Lobos. Seu livro Villa-Lobos: o caminho sinuoso da predestinação virou referência obrigatória para o estudo da música brasileira. Nesta conferência irá apresentar uma reflexão metodológica sobre o estudo dos indivíduos e suas trajetórias de vida. O título de sua fala é “Composições e sentidos: reflexões metodológicas sobre o estudo de trajetórias de vida”. A conferência acontecerá na quinta-feira, dia 24, 19h00.

Apresentações de trabalhos dos mestrandos e doutorandos

Além dos conferencistas convidados, o Seminário de Pesquisa terá apresentações de comunicações de alunos vinculados ao Grupo de Pesquisa Música, Cultura e Sociedade. Alguns são estudantes que ingressaram no PPGMUS-UNESPAR no segundo semestre de 2019. Outros ingressaram no PPGHIS-UFPR no primeiro semestre, na linha de pesquisa Arte, Memória e Narrativa. Há também uma apresentação de trabalho concluído este ano no PPGHIS.

Essa parte da programação começa na terça-feira, dia 22, às 15h20. Primeiro os alunos do PPGMUS-UNESPAR apresentam pesquisas em andamento.

Leonardo Delgado, orientando da professora Ana Paula Peters, apresenta a comunicação “Almirante e a construção historiográfica da música brasileira: análise do programa ‘No tempo de Noel Rosa’ (1951)”.

Daniel Derevecki, orientando do professor Fabio Poletto, apresenta a comunicação “Chico Buarque, a canção de quem venceu: a atuação musical do artista pelo olhar do Caderno B do Jornal do Brasil em tempos de repressão (1965-1968)”.

Renan D’Ávila, orientando do professor Allan Oliveira, apresenta a comunicação “Jards Macalé, o maldito”.

Clara Jansson Barros, orientanda do professor André Egg, apresenta a comunicação “Entre o sacro e o profano: música evangélica brasileira, teologia da libertação e
movimentos de esquerda nos anos 1970”.

Depois de um intervalo, a programação continua às 17h25 com apresentações de pesquisadores do Programa de Pós-Graduação em História, PPGHIS-UFPR. Entre as pesquisas apresentadas, Camila Quadros é mestranda e Icaro Bittencourt doutorando, ambos com ingresso em 2019. Amanda Coutinho concluiu o mestrado em História em 2019.

Camila Quadros, orientanda do professor André Egg, apresenta a comunicação “As canções da capoeira contemporânea e suas relações com a história como possibilidade de pesquisa”.

Icaro Bittencourt , orientando do professor André Egg, apresenta a comunicação “Música e produção independente em tempos de ‘Abertura’: o caso da trajetória artística de Francisco Mário (1979-1988)”.

Amanda Coutinho, orientanda do professor André Egg, apresenta a comunicação “Richard Wagner compositor, escritor e nacionalista: O projeto de construção de uma obra de arte total alemã (1834-1871)”.

Apresentações de trabalhos de Iniciação Científica

Na quarta-feira, com início às 14h00, acontecem as apresentações de trabalhos desenvolvidos no âmbito do Programa de Iniciação Científica, PIC-UNESPAR. Os alunos concluíram suas pesquisas em julho de 2019, e irão também apresentar os trabalhos no Encontro Anual de Iniciação Científica, o V EAIC-UNESPAR. O EAIC acontecerá dias 29, 30 e 31 de outubro no Campus de Campo Mourão da UNESPAR.

Erica Santana dos Passos, orientanda do professor André Egg, apresentará a comunicação “Mário de Andrade e o papel social da educação musical em seus textos para o jornal Diário Nacional (1931)”

Renata Letícia Marques, orientanda do professor André Egg, apresentará a comunicação “Textos de crítica de Mário de Andrade para o Diário Nacional em 1932: uma discussão sobre personagens esquecidos na história da música brasileira.”

Stephani Mantovani Diderich, orientanda da professora Solange Maranho Gomes, apresentará a comunicação “A inserção profissional de professores de música: um estudo sobre a satisfação profissional de egressos de cursos de licenciatura em música do Paraná”.

Henrique Plautz Lisboa, orientando do professor André Egg, apresentará a comunicação “Música popular na crítica de Mário de Andrade: Diário Nacional, 1928”

John Lenon Carlos de Maria, orientando do professor Jefferson Gohl, apresentará a comunicação “Boemia, melancolia e luto nos sambas de dor de cotovelo: Lupicínio Rodrigues, Nélson Cavaquinho, Cartola e Noel Rosa.”

André Egg
Professor do Campus de Curitiba II da UNESPAR, no curso de Bacharelado em Música Popular. Doutor em História pela USP. Colaborador no PPGHIS-UFPR. Diretor do Centro de Música e Musicoterapia do Campus.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *