Nesta quarta, palestra com o prof. Ricardo Bernardes

Estamos começando mais um Ciclo de eventos do Grupo de Pesquisa Música, Cultura e Sociedade da UNESPAR. Teremos um ciclo de palestras em 2016, mas a divulgação será feita em breve, pois ainda estamos fechando a programação final.

Isso não nos impede de começar em grande estilo, pois o primeiro palestrante do Ciclo de Palestras Música, Cultura e Sociedade 2016 é o prof. Ricardo Bernardes.

O tema de sua fala será “Música luso-brasileira nos séculos XVIII e XIX – desafios da construção de uma identidade face à música centroeuropeia”

O professor Ricardo Bernardes é uma autoridade neste assunto, e valerá muito a pena ouvi-lo. Porque ele tem larga experiência, de já cerca de 20 anos, com a direção de grupos musicais dedicados ao repertório dos séculos XVIII e XIX, principalmente música luso-brasileira (mas também ibero-americana e outras). Ele começou este trabalho quando ainda residia em Curitiba, e fundou o grupo AmericAntiga. Depois seguiu desenvolvendo esta prática em São Paulo, Austin (Texas) e Lisboa, cidades por onde residiu e cursou seu mestrado e seus doutorados.

Isso mesmo – doutorados. Ele tem dois na bagagem. Um na Universidade de Austin e outro na Universidade Nova de Lisboa. Também na USP ele fez seu mestrado sobre uma obra de José Maurício.

As questões que o professor Ricardo Bernardes irá abordar, são relativas a um texto que deve sair num volume coletivo com vários trabalhos de membros do nosso Grupo de Pesquisa, e tratam principalmente dos problemas para constituir uma memória histórica deste repertório luso-brasileiro, enfrentando tanto a hegemonia do cânon de música germânica quanto o viés nacionalista que muitas vezes atrapalhou o desenvolvimento da nossa musicologia. Afinal, os resultados encontrados nas pesquisas por repertório antigo nem sempre são tão “brasileiros” quanto se desejaria, e pode ser difícil lidar com um passado diferente das idealizações que se faz dele.

Atualmente residindo em Lisboa e trabalhando como pesquisador do Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical (CESEM) da Universidade Nova de Lisboa, o professor está de passagem por Curitiba e nos dará o prazer de sua fala. Imperdível!

Então, o serviço:

Ciclo de Palestras Música, Cultura e Sociedade 2016
1º/06/2016 - 19:00 horas
Auditório Antonio Melillo do Campus de Curitiba II da UNESPAR (FAP)
Prof. Ricardo Bernardes
“Música luso-brasileira nos séculos XVIII e XIX
- desafios da construção de uma identidade face à música centroeuropeia”

Todos são convidados, entrada franca e aberto ao público.

Palestra Mário de Andrade no Diário Nacional

Mário de Andrade no Diário Nacional

Próximo dia 11 de maio, uma quarta-feira, às 19:00 horas, acontecerá a palestra Mário de Andrade no Diário Nacional (1927-1932): um crítico no jornal de oposição, proferida pelo prof. André Egg (UNESPAR).

A palestra é uma promoção conjunta do Grupo de Pesquisa Arte, Memória e Narrativa, do Programa de Pós-Graduação em História da UFPR, e do nosso Grupo de Pesquisa em Música, Cultura e Sociedade da UNESPAR.

O evento é aberto ao público, e acontecerá na Sala 612 do Edifício D. Pedro I, onde fica o Departamento de História da UFPR.

O tema da palestra é referente à pesquisa atualmente em desenvolvimento pelo professor, e que envolve também a participação de alunos deste grupo de pesquisa com projetos de Iniciação Científica vinculados.

A organização do evento ficou a cargo da professora Rosane Kaminski (UFPR), coordenadora da linha de pesquisa em Arte, Memória e Narrativa, e líder do Grupo de Pesquisa.

Abaixo, o cartaz de divulgação, elaborado pelo prof. Artur Freitas (UNESPAR):

Palestra Mário de Andrade no Diário Nacional - cartaz de divulgação
Palestra Mário de Andrade no Diário Nacional – cartaz de divulgação

I Seminário de Iniciação Científica

I Seminário de Iniciação Científica
do Grupo de Pesquisa em Música, Cultura e Sociedade da UNESPAR

02 e 03 de março de 2016

Auditório da Faculdade de Artes do Paraná

Organização/Orientadores do PIC-UNESPAR 2015-2016:
Prof. Dr. André Egg, Prof. Dr. André Ricardo de Souza, Prof. Dr. Fabio Poletto, Prof. Ms. Tiago Madalozzo

Alunos participantes e respectivos títulos dos trabalhos:

André Pottes de Souza

Matrizes do espetáculo dramático-musical contemporâneo no teatro cantado popular europeu dos séculos XVII e XVIII

Gabriela Silva Safraider

Produção para cinema de Antonio Carlos Jobim

Ivens Torres Ribeiro

A opereta Marumby na Curitiba dos anos 20

Renan Alfredo de Medeiros D’Ávila

Crítica musical de Mário de Andrade no Diário Nacional (1927-1932): catalogação e atribuição de palavras-chave.

Talissa Cubas

Gêneros do teatro musicado no Brasil

Vitor Silveira da Costa

Coletando dados sobre o ensino de música para crianças no Brasil: um estudo sobre os programas de musicalização infantil vinculados a instituições de ensino superior

Professores/debatedores:

Profª. Drª. Laize Guazina, Prof. Dr. Allan Oliveira, Prof. Dr. Luciano Lima Profª. Ms. Marilia Giller, Prof. Ms. Felipe Augusto Vieira da Silva, Prof. Ms. Alan Rafael de Medeiros,

Quadro de organização

dia

horário

Aluno e título do trabalho

Professor debatedor

02 de março

19:00 hs

Gabriela Silva Safraider

Luciano Lima

19:40 hs

Renan Alfredo de Medeiros D’Ávila

Alan Rafael de Medeiros

20:20 hs

Ivens Torres Ribeiro

Marilia Giller

03 de março

19:00 hs

Talissa Cubas

Allan Oliveira

19:40 hs

Vitor Silveira da Costa

Felipe Augusto Vieira da Silva

20:20 hs

André Pottes de Souza

Laize Guazina